sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Reflexões sobre o difícil caminho Cristão!


Hoje, eu queria usar este espaço pra tentar expressar o que vejo, o que tenho sentido, e o que me vem de coisas boas e ruins. Me dei conta que a chegada de Cristo está tão próxima, que me bateu um temor tão grande que quase não saia de minha casa, mas ao mesmo tempo quando vejo a minha situação complicada e difícil mesmo momentânea, percebi a complexidade do mundo em que vivemos e nossa fé. 

Ora desde as chacotas e especulações do fim do mundo, a briga ideológica e Cristã sobre as relações  homoafetivas, até recentemente a saída do Papa, mostra que a chegada de Cristo está as portas, que o mundo está entrando em tantas mudanças que nossa correria diária não nos deixa perceber o que coisas tão sérias e importantes para a nossa vida estão na nossa cara e não conseguimos parar pra pensar.

Em contrapartida estamos mais informados, estudados (de certa forma), buscando melhorias para a nossas vidas, onde as nossas preocupações são o tempo, quanto trabalho temos pra fazer, quanto dinheiro a gente pode ganhar, o que queremos comprar, se o relacionamento vai dar certo e por aí vai.  Na mesma proporção que a nosso nível de cultura e conhecimento cresce, nossa dependência de Deus diminui (Aaaahhhh como assim? Deus tá comigo onde eu for velho independente do que eu faça, estude ou queira). É FATO de que quando somos crianças, adolescentes até comecinho da juventude, nossa espiritualidade é grande, produtiva e eficaz, no entanto com a banalização da informação, do sexo, do aumento do nível cultural, com brigas ideológicas, filosóficas, religiosas, nosso senso crítico vai aumentando e nossa igreja despreparada para assunto polêmicos se perde em uma orientação, e o que acontece é que o mundo abraça nossas dúvidas nos dando doces mentiras para serem verdade absolutas.  

Para ser  ter uma ideia muitos dos meus amigos que conheci na igreja, que trabalharam em ministérios e ações evangelísticas comigo, depois de formados não colocam o pé na igreja, pelo contrário vivem em busca de várias coisas que citei acima e são bem sucedidos naquilo que fazem, mas onde está Deus na vida deles? Pelo menos no que aparentam, Questiono então, o mundão venceu ou Deus perdeu? 

Imagino que muita gente que optou em equilibrar a sua vida secular com a espiritual, tem tomado pancadas, passado por decepções, dificuldades, perseguições e mesmo que não queria comparar vê os seus sonhos chegarem mais rápido na vida dos ímpios e não na sua. Que dor não é? Não pela inveja, mas na sua cabeça você buscou o caminho certo, ta fazendo certo, quer buscar e deixar tudo de ruim  pra trás e nada vem.  Passei por isso, estou passando e muita gente vai passar por isso.

Nesse momento orar dói, porque na sua cabeça martela todos os problemas da sua vida, jejuar é difícil, até cultuar é insuportável, sua alma está tão desgastada que nada de bom é suficiente e valoroso pra passar a dor, o desespero que você tem passado é infinito. No entanto Deus está contemplando tudo isso, mesmo que você ache que não ache que seja....

Aonde a gente se encaixa em um mundo fragilizado e pobre da Deus cada vez mais? Aonde a gente se insere na vida secular, mesmo sendo capaz, onde as oportunidades aparecem e não consigo alcança-las?....

As promessas de DEUS NUNCA FALHAM!

A grama do vizinho é sempre a mais verde?  Mas os Senhor diz que tudo que é construído sem sua benção de nada vale. Salmos 37:34 Espera no SENHOR, e guarda o seu caminho, e te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem desarraigados.

O que tu sabes sobre o mundo a Deus não interessa! 1 Corintios 1:19 Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes.

As nossas paixões não são maiores que nosso Senhor Jesus! Tito 2:12-13 Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente,
Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo; 

A partir disso vemos que  Paulo era como nós, cheio de sabedoria, convicções paixões, fazendo delas atributos para perseguir os cristãos da época, ou ignorar sua presença em sua vida, no entanto no seu encontro verdadeiro com o Mestre fez da sua vida estável e cheia de riquezas, transformar-se em uma  vida de perseguido,ele encontrou no caminho da tribulação o caminho da felicidade e paz em Cristo, ele fez a escolha certa.

"Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim." Gálatas 2:20

" Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho." Filipenses 1:21

Somos tão egoístas em querer felicidades nas coisas que não percebemos que já temos o dom supremo da felicidade quando abrimos os nossos olhos não enxergam ou não enxergavam até o momento, pois 'Bem-aventurados os que não viram e creram'. João 20:29

Somo de uma geração que temos tudo nas mãos, podemos revolucionar o mundo através de nosso computadores e celulares, de mídias sociais, e muitos de nós oque sabem é gritar por suicídio, proclamar revolta, dizer um monte de seus pais, falar coisas fúteis simplesmente porque não conseguiram algo banal e fútil.

Como disse no início me impressiona como Jesus está as vésperas de chegar, mas estamos sempre olhando pro lado e nunca pra frente, é ora de ajustar o foco da nossa visão.

Essas são reflexões que tenho tido em momentos , bons e ruins de minha vida, que tenho vivido e passado como testemunho para aqueles que Deus querem que vejam, ouçam e compartilhem.

Que a graça do Senhor esteja conosco nestes tempos tenebrosos, no nome de Jesus, amém!


Um comentário:

  1. Está acontecendo isso mesmo, inclusive estava conversando hoje sobre isso com uma colega, sobre como tudo o que está acontecendo nos mostra a volta do nosso Senhor. Como diz a Palavra "Aquele que é santo, santifique-se mais"...

    ResponderExcluir